Vídeos no YouTube: 05 segundos que valem ouro!

O que você consegue fazer em cinco segundos? Ok, contar até cinco, isso já sabemos. É tão pouco tempo que parece que não dá para fazer nada – mas dá para chamar a atenção de muita gente, atrair e reter a audiência no YouTube!

Nós, da KAKOI, sabemos que muita gente assiste YouTube (nós também) e que muita gente não tem lá aqueeeela paciência para assistir propagandas antes de vídeos (nós também), mas acredite: você não precisa de mais que cinco segundinhos.

Como isso é possível? Bruxaria? Mágica? Não, apenas planejamento e alguns truques…

Quanto mais criativos forem os vídeos, maiores serão as chances de reter a atenção da audiência. É o que dita o marketing digital, como podemos perceber em diversas marcas,  e neste oceano de gente tentando pescar audiência, é fundamental seguir algumas dicas.

Das milhares de informações que recebemos todos os dias, pouca coisa que fica na memória, por isso devemos ganhar a atenção em cinco segundos.

E os vídeos tradicionais? Cinco segundos também!
Antes de entrarmos nos comerciais rapidinhos, temos que falar sobre o começo do vídeo em si. Os primeiros 5 segundos também são fundamentais.  Se não prender  seus espectadores no começo, eles não vão chegar ao final do vídeo. Então apresente um problema já com a solução! Podemos ver, por exemplo, aqueles vídeos sobre maquiagem em que a YouTuber pergunta algo intrigante:  “como ter olhos perfeitos para uma balada? Vamos descobrir agora”.

Está criado o cenário! Você trouxe um problema e já deu um spoiler de que vai resolver a questão. A pessoa vai assistir até o final, pode ter certeza…

Agora, vamos falar sobre a figura central de qualquer vídeo: as imagens! Precisam ser aquelas que peguem inicialmente qualquer pessoa, que atraiam consumidores. Fazer uma vinheta com computação gráfica, só se fizer muito sentido. Caso pense em usar um cenário, que esteja bem montado, com luz e elementos dispostos de tal forma que traga o “telespectador” para dentro do vídeo.

Use, também, textos para alcançar as pessoas. Lembre-se que no Facebook e em outras redes sociais, o vídeo vai “passar” na timeline sem áudio, então um texto chamativo vai incentivar que a pessoa clique no texto. Bem no começo já chegue com tudo, dando a letra do que vai ter no vídeo.

Tenha um enredo bacana, do tipo “você já esteve sem sinal na rua” e desenvolva uma historinha que tenha começo, meio e aquele fim bacana. 

A trilha precisa ser interessante também. CUIDADO para não colocar música bloqueada por direitos autorais, ok? A vinheta pode ser algo recorrente e marcante, ou seja, a pessoa já escuta e sabe que vai encontrar um bom conteúdo. Cinco segundos, gente, então crie uma sinalização sonora chiclete!

E para os comerciais de 5 segundos?
Temos alguns formatos, mas todos eles precisam seguir este roteiro para dar certo.

Vamos nessa!
Anúncios em vídeo puláveis: São anúncios em vídeo em que os espectadores podem fechar a publicidade depois de cinco segundos. Tem que ter tudo o que falamos antes, mas de forma mais condensada. O objetivo é o clique para não pular fora, e sim redirecionar!

Anúncios em vídeo não puláveis: Vai formar o espectador para ver tudo.  O problema é que pode gerar uma antipatia – tem gente que não quer ver mesmo – porém a pessoa pode se interessar e escutar a propaganda até o final.  Desperta interesse em quem não consegue pular, mas seja divertido na mensagem.

Anúncios bumper: São anúncios feitos em vídeo curtos e não “puláveis” de até seis segundos. Aqui sim, o espectador precisa assistir essa publicidade completamente para que o vídeo seja exibido. Os anúncios bumper são os mais utilizados e sempre são ativados quando os tipos de publicidade acima estão disponíveis.

Anúncios overlay: Overlay é propaganda de imagem ou texto que podem ser exibidos nos 20% da parte inferior de um vídeo. Este formato não é vídeo e aparece apenas em computadores, mas pensamos que este nosso texto ficaria mais completo com ele. Vai como bônus!

Fale com a KAKOI para produzir seus vídeos (propaganda ou inteiros) e lembre-se: cinco segundos valem ouro.

 

Compartilhe este post:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest