PROCURANDO ALGO?

AgaDN.comunicação lança site que transforma em quadros os posts do Instagram

Data: 27 de janeiro de 2016
Autor: Aroldo Glomb Jr.

instaAssim como o fotógrafo americano Richard Prince que elevou o Instagram ao patamar de arte, a empresa brasileira especialista em negócios no ambiente digital, AgaDN Comunicação, populariza a ideia e lança o site framepost.com.br.

Trata-se de uma ferramenta que permite ao usuário do Instagram comprar quadros que reproduzem, fielmente, os posts da rede social. Todo o conteúdo publico do Instagram pode ser reproduzido, seja ele de usuários seguidores ou não entre si.

A ferramenta, disponível, gratuitamente, reproduz a timeline (feed) do usuário, exatamente como no Instagram. No entanto, a visualização do post tem o layout do quadro, de forma a reproduzir, exatamente, o produto final disponível para compra.

A partir do post selecionado, é possível escolher os comentários que estarão impressos, definir o tamanho e formato do quadro e visualizar o resultado final, antes de finalizar o processo de compra.

“A internet é uma rede aberta, sem fronteiras, onde a monetização deve ser feita de forma inteligente, como fez o próprio Richard Prince. E não por meio de venda de mídia ou ‘bloqueios’ de acesso. O FramePost é a forma que encontrei para democratizar o produto de Richard Prince”, afirma Pablo Di Nallo, idealizador da ferramenta e proprietário da AgaDN comunicação.

O site framepost.com.br permite que qualquer usuário do Instagram possa produzir suas próprias obras, utilizando fotos próprias ou de terceiros. Ele possibilita o garimpo de fotos publicadas na Rede, transformando-as em quadros que podem ser comprados para decorar sua casa e escritório ou até presentear um amigo ou família por uma data ou momento especial.

No site são apresentadas algumas montagens, como o painel de um carro fotografado por um usuário preso no trânsito ou uma bela paisagem do Rio de Janeiro vivenciada por um fotografo profissional. Os quadros variam entre R$ 89,00 e R$ 229,00, conforme o tamanho e formato da moldura escolhida, sejam eles o retrato de um Van Gogh, um Monet ou um anônimo.

A ferramenta desenvolvida pela Óbile, está ativa pelo site e utiliza o sistema responsivo, acessível para todos os dispositivos, e nas próximas semanas será disponibilizada também em versão app nas lojas de aplicativos, tanto paraiOS quanto para Android. Para acessar, o usuário precisa cadastrar um e-mail (login) e uma senha de acesso e conectar sua conta do Instagram. Automaticamente, ele terá os posts das pessoas que segue. Há, ainda, a possibilidade de efetuar buscas pelo nome dos usuários do Instagram e por hashtags, ou, ainda, de visualizar apenas os seus próprios posts no layout do quadro.

Sobre Richard Prince
Em 2014, o fotografo americano selecionou fotos do Instagram de terceiros e adicionou pequenos comentários para montar uma mostra na Gagosian Gallery. Famosos e anônimos figuravam na lista de pessoas que tiveram seus conteúdos de Instagram utilizados nas obras do artista.

Prince faturou alto negociando as peças que, posteriormente, ocuparam espaços em feiras como a “Frieze Art Fair” na renomada Frieze Galerie, alcançando valores próximos a U$ 100 mil por obra. E não demorou muito para os autores iniciarem um movimento para comercializar suas próprias fotos por valores mais acessíveis.

Mais sobre o Site www.framepost.com.br

Fonte: Assessoria FramePost

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

 

VOLTAR