PROCURANDO ALGO?

Alerta vermelho pro Stagefright, o novo bug que afeta 95% dos “Android”

Data: 17 de agosto de 2015
Autor: Aroldo Glomb Jr.

stagefright_v2_breakdown-e1438001259526-1024x266Povo que usa Android tá um pouco com medo… ou com MUITO medo, depende. Acontece que uma empresa de segurança chamada Zimperium descobriu uma nova vulnerabilidade chamada Stagefright – e essa vulnerabilidade afeta a quase totalidade do ecossistema do robozinho e (pasmem) não há defesa para uma invasão desse bug.

A falha já é considerada “a pior já descoberta no Android” de acordo com a empresa de segurança, já que envolve uma série de execuções de códigos que permitem ao hacker ser o novo “dono” do smart.

Ele consegue, pra vc ter ideia:
– Ver todos os e-mails
– Usar e abusar de dados pessoais
– O hacker vai poder operar o microfone do aparelho e (teoricamente) poder  gravar as suas conversas

UAU, QUE MEDO!

Cat1-1024x534E agora vem uma série de coisa horríveis!
PIOR COISA 01 – Para isso tudo acontecer, basta que o atacante saiba o número de celular da vítima, mais nada. Só isso. O desgraçado vai  enviar uma mensagem MMS maliciosa e isso já é  o início do fim…

PIOR COISA 02 –  NÃO HÁ COMO o usuário se precaver do Stagefright! O hacker pode inclusive mandar o tal do código pela madrugada (um período em que os usuários costumam deixar seus Androids no silencioso), coletar tudo o que deseja e apagar seus rastros, não deixando nenhuma evidência do ataque.

PIOR COISA 03 – Este maldito Stagefright está presente em praticamente todas as versões correntes do Android, do 2.2 Froyo ao 5.1 Lollipop. Isso abrange 95% de todos os smartphones da plataforma ativos.

Mas tem algo bom…
MELHOR COISA 01 – O Google  lançou patches de segurança para corrigir a vulnerabilidade no Android Open Source Project. Mas a Zimperium adverte que o ideal é  atualizar os  smartphones.

Ah, quem tem  Blackphone tá salvo pois  a versão 1.1.7 do PrivatOS já está protegida contra o Stagefright.

Atenção aí!

Saiu no MeioBit / Zimperium

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

 

VOLTAR