PROCURANDO ALGO?

Android/Windows Phone/iOS: qual é o melhor?

Data: 12 de maio de 2014
Autor: Boby Vendramin

Já vou começar esse texto abrindo o jogo: nunca fui usuário de iOS e muito menos de Windows Phone. Meu coração pertence ao Android desde a versão 1.3 (que era péssima por sinal). Apesar disso, por gostar das tecnologias mobile desde os áureos tempos do Palm, creio que eu consiga fazer um texto imparcial e útil para lhes ajudar a tomar a decisão de qual tecnologia adotar. Para tal, li vários artigos e fucei em diversos aparelhos das mais diferentes marcas. Deixo aberto os comentários abaixo caso eu cometa algum sacrilégio. And here we go!

iOS, Android, Windows Phone (basecamp.com)

Aplicativos

As lojas Play Store (Android) e App Store (iOS) praticamente se equivalem em números de apps disponíveis. Geralmente é possível encontrar os seus aplicativos preferidos disponíveis em ambas, e se não, um equivalente. Normalmente as novidades saem primeiro na App Store, levando os early adopters gostarem mais da loja da Apple. A Windows Phone Store tem bem menos aplicativos, mas isso não quer dizer que você fique na mão, existem muitas opções legais para satisfazer suas demandas digitais serem cumpridas. Nesse quesito, a Apple se sai melhor.

Funcionalidades

A seguir, vou citar algumas das funcionalidades exclusivas de cada um:

Google Now (Android)
Ele pega todas as informações que você tem em sua conta do Google e trata os dados de forma a funcionar como um assistente. Ele sabe exatamente que horas você deve sair pra não chegar atrasado em uma reunião, fala quais amigos seus estão de aniversário, previsão do tempo, notícias relevantes e muito mais.

Siri (iOS)
Essa infelizmente ainda não vale para nossos leitores brasileiros, mas é muito útil para quem gosta de automatizar ações através de comandos de voz. Mandar mensagens, marcar compromissos, achar uma rota, fazer uma busca, e muito mais. E a danada ainda aprende com os seus hábitos.

Live Tiles (Windows Phone)
Da mesma forma como o Google Now funciona, porém exibido de um jeito diferente, ele trata as informações e as exibe de maneira rápida e organizada. Também tem integração com o Microsoft Office.

Teclado

iOS
O teclado nativo do iPhone tem os recursos autocompletar e autocorreção. Não é possível ainda utilizar aplicativos de terceiros. Pra quem tem dedos gordos é um problema.

Windows Phone
Do mesmo jeito do iPhone e também não é possível utilizar aplicativos de terceiros.

Android
O teclado nativo do Android varia de acordo com o fabricante, mas basicamente conta com os mesmos recursos citados acima. A diferença é que é possível baixar teclados alternativos, como o popular Swiftkey, xodó do Androiders.

Customização

iOS
Não te dá muita opção, sendo apenas possível personalizar o papel de parede, tela de bloqueio e ordem dos aplicativos na página inicial.

Windows Phone
Também é bem limitado. Dá pra trocar a cor da interface e também personalizar a página inicial.

Android
O céu é o limite. Os chamados “Launchers” te permitem mudar totalmente a interface do sistema. Ícones, fontes, tamanhos, widgets. Tudo é personalizável. Pra quem gosta de “tunar” o aparelho é a melhor opção.

Custo-benefício

iOS
Apesar de ser um aparelho caro, ele é muito resistente a quedas e o suporte da Apple funciona mesmo. E com eficiência. Se o seu estilo é pagar pra não se incomodar, vá de iPhone.

Windows Phone
Se não quer investir muito em um celular, mas ao mesmo tempo não abre mão de um smartphone, o Windows Phone é uma ótima opção. Tem diversos modelos de entrada que fazem o serviço bem feito.

Android
Assim como o WP tem diversos aparelhos de entrada com esse sistema operacional, porém os processadores mais fracos sofrem na mão desse complexo sistema.

Usabilidade

iOS
Sua interface, desde as primeiras versões dá uma lição em usabilidade. Você aprende mexendo.

Windows Phone
Apesar de ser muito rápida e bonita, a interface é um pouco confusa. Alguns aplicativos pecam no excesso de minimalismo, levando o usuário à confusão.

Android
Varia muito de fabricante para fabricante. No caso da Samsung, ele enche de aplicativos inúteis e confunde sua cabeça. Se o Android é nativo como em alguns casos da LG ou Motorola, o usuário comum fica desamparado. Desaconselhável para usuários iniciantes.

É isso aí! Qualquer dúvida usem os comentários abaixo, terei o prazer de responder todos!

Comentários Facebook