PROCURANDO ALGO?

Confira algumas dicas de etiqueta para as festas de fim de ano nas redes sociais

natalaSaiu no UOL uma lista (que nós acrescentamos mais um elemento ou dois) sobre coisas que podem estragar a magia do Natal e Ano Novo nas redes sociais.

Vc sabe que tem gente que abusa de alguns elementos – e nada contra, aliás o Face é território livre para todos – mas tem algumas coisinhas que podem te deixar com um ar de “mala” nesta reta final de 2015.

 

Veja como tornar as festas de final de ano mais agradáveis, com alguns cuidados básicos e simples no uso das redes sociais 🙂

thddr1. Correntes
Não que exista algo de errado em desejar a felicidade de amigos e familiares. Nas festas de fim de ano, porém, as pessoas ficam mais sentimentais e tendem a exagerar. Por mais positiva e tentadora que seja, procure não enviar correntes para os seus contatos. A prática é uma espécie de extorsão: “mande para outras pessoas ou não será feliz em 2016”.
Foto: Reprodução

sad2. Excesso de gifs
A troca de mensagens será intensa, principalmente próximo da virada. Enviar arquivos pesados, como gifs, deixará a visualização mais lenta. Cada um desses arquivos inocentes e divertidos podem conter uma centena de frames, ou seja, imagens que, em sequência, provocam a ilusão de movimento. Com a maioria das pessoas usando smartphones 3G, enviar gifs pode ser um presente de grego para quem os recebe.
Foto: Reprodução

 
sfsfs3. Cuidado com o que diz sobre papai noel
Mesmo sendo voltada para maiores de 13 anos, as redes sociais também são bastante frequentada por crianças, que ainda acredita na magia do papai noel. Portanto, não seja estraga prazer e muito cuidado com o que diz.
Foto: Philippe Lopez / AFP

bff3. Festa da firma
Tradicionalmente, as empresas promovem festas para funcionários e colaboradores no fim do ano. Evite postar fotos de colegas de trabalho sem autorização prévia, principalmente se a situação for constrangedora ou que comprometa relações de trabalho no futuro. Fotos com os chefes também podem trazer constrangimento. Abraçar o chefe para um self pode ser visto como pura bajulação ou escárnio. O ano está acabando, a vida não.
UOL Entretenimento

 

rtget4. Foto do peru
Se fotografar a própria comida se tornou habitual, o fim do ano é o banquete das fotos. Compartilhe poucas imagens da ceia, de preferência apenas uma.Quem estiver contento gastos com medo da crise pode aproximar a câmera em um ângulo exótico. Assim, o peru com rodelas de abacaxi vai parecer um prato gourmet.
Foto: Maria Matos/Divulgação

 
iyiyiy5. 4, 3, 2, 1…
Na virada, desgrude do smartphone e espere para mandar mensagens aos seus contatos. Esqueça um pouco as redes sociais e cumprimente primeiro as pessoas que estão ao seu lado. Além de não ser educado, você poderá atualizar o seu status no Facebook mais tarde.
Foto: Marcelo de Jesus/UOL

 

 

Natal-sem-simone6. Não abuse das canções da época
Já sabem… Postar milhares de canções natalinas podem saturar a sua rede e a paciência dos seus amigos. Por mais que seja de seu gosto Simone ou outro artista “natalino”, vale diminuir a frequência para não ser bloqueado pelos seus seguidores.

Foto: Reprodução  

 

Saint_Pierre_pleurant_sa_faute,_Le_Guerchin7. Lista de promessas?
Parar de fumar, ajudar crianças carentes nas ruas, perder peso, tentar melhorar algum defeito… Na boa? Cuide de listas de metas para 2016 que vc sabe (e seus amigos também) que vc nem vai chegar perto. O melhor é fazer para si mesmo e não sair por aí divulgado – afinal, boa ação é motivo de realização pessoal, não de likes.

Foto: Reprodução: Saint Pierre, Le Guerchin

Comentários Facebook

 

VOLTAR

Por Aroldo Glomb Jr.
em dentro de:
Boas Práticas, redes sociais, Tecnologia