PROCURANDO ALGO?

Fake: acabe com ele antes que ele acabe com você!

Data: 22 de outubro de 2013
Autor: Aroldo Glomb Jr.

 E SE… O seu Facebook for ”usurpado”? E daí?  Você faz o quê? Se algum espertinho tentar criar um perfil falso usando seu nome, suas fotos, tentando agregar seus amigos e manchando a sua imagem, é preciso agir bem rápido.  Claro, você pode  providenciar as ações legais contra  o responsável pelo perfil falso assim que ele cometer calúnia, difamação, injúria, etc…

Primeiro Passo
Entre em contato com o suposto escroto ladrão de identidade virtual  pelo Facebook, na caixa de mensagens, e tente explicar que você sabe da página falsa e (obviamente)  não concorda com as ações.  Vai que  o engraçadinho resolve deletar tudo, não é? Se esse for o caso, ele mesmo pode  utilizar os próprios meios oferecidos pela rede social para a denúncia – já que qualquer perfil que é denunciado é analisado  pelo Facebook, para ver se realmente é mesmo fake.  O Face  verifica fotos, nomes, aniversário e outros detalhes antes de bloquear ou excluir qualquer página.

Mas se  o Face não reconhecer…

Segundo Passo
Faça  uma notificação direta pro Face, com  nome completo, dados pessoais e uma descrição detalhada do motivo para tal notificação. Diga a verdade, que quer denunciar um perfil falso que está utilizando o meu nome e fotos sem autorização.  Não invente moda, alegando que  o perfil usa imagens pornográficas, etc.

Vá em “Configurações“, no topo da página (aquele ícone de engrenagem), depois vá direto em “Ajuda” e, finalmente, “Relate um Problema“.

Se não funfar…

Terceiro Passo
Entre com ação judicial contra o falsificador. O desgraçado autor vai então responder na Justiça desde falsidade ideológica a estelionato, dependendo do objetivo do perfil falso. Ah, sim, é possível processar o Face, que tem representação em nossa terras,  mas vale para casos mais graves mesmo.

A vida é sua, seja a real ou a virtual! Sua carreira e a da empresa em que você trabalha podem ser arranhados – acredite.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

 

VOLTAR