PROCURANDO ALGO?

O dia dos pais não é mais o mesmo. Você está preparado?

Data: 9 de julho de 2019
Autor: Ediney Giordani

Dia dos Pais está em alta. Em 2018, as vendas foram as melhores dos últimos 6 anos, e no e-commerce ele só perdeu para o Dia das Mães, em termos de datas sazonais. Mesmo assim, ainda existem oportunidades para marcas e consumidores se conectarem ainda mais com os pais brasileiros: a maioria deles não se sente totalmente representada pelas campanhas publicitárias, e até gostaria de receber presentes diferentes dos que ganha.

E qual é a explicação para isso? Uma resposta pode estar no novo papel que a masculinidade vem assumindo, mais participativa em casa e protagonista na criação dos filhos, se desconectando das comunicações de marca que estamos acostumados a ver.

Dados do Google e de fontes externas nos ajudam a entender melhor essa nova realidade, que, além de ser uma boa oportunidade para os negócios, representa uma chance de aumentar a integração real entre pais e filhos.

Uma data em ascensão
Nos últimos 3 anos, entre 2015 e 2018, as buscas sobre o Dia dos Pais tiveram um crescimento médio de 19%. E os resultados de vendas do ano passado foram os melhores desde 2013.

No e-commerce, o Dia dos Pais foi a segunda data sazonal com mais pedidos em 2018, atrás apenas do Dia das Mães. E em faturamento, as duas datas tiveram resultados semelhantes.

2019 promete ser ainda melhor que 2018: 38% das pessoas que responderam a uma pesquisa do Google dizem que vão gastar mais do que no ano passado. Em média os filhos pretendem gastar R$ 298 em média com os pais. E os filhos estão mais caseiros este ano: 36% esperam passar a data na casa dos pais, 30% em suas casas com os pais de convidado e apenas 8% vão aos restaurantes, porém, acredite, 8% é muita gente.

Mas se você pensa que os filhos estão mais atenciosos com os presentes dos pais este ano, ledo engano. 41% deles irão comprar o presente apenas na véspera ou no dia, então, atenção:

Será sábado e domingo, então quem sabe um plantãozinho de vendas pode fazer toda a diferença. Pode valer a pena, claro, desde que as pessoas saibam que você estará neste plantão. Uma mudança importante este ano: 21% das pessoas não pretende sair de casa para estas compras e irão usar sites e aplicativos tais como o Whatsapp ou aplicativos próprios das lojas.
Um diferencial importante para estas compras é o Frete Grátis, ele é seguido muito de perto por preços e agilidade na entrega, não é para menos, lembre-se: eles vão deixar para a última hora. Na hora de saber o que vai comprar a melhor estratégia é a internet. Tenha redes sociais, blog, site e tudo o que você tiver à sua disposição para sugerir presentes, lembre-se:

FA-CI-LI-TE a vida do comprador.

– Tá, Ediney, e os ensinamentos? Quais são eles?
– Calma, jovem! Aí estão.

O dia dos pais é uma baita oportunidade de venda para o comércio. Ela requer disciplina, muita comunicação e, claro um bom produto. Então, não importa o que você venda (talvez lingeries sejam excessões) mas desde aquecedores à gás, móveis, cursos de inglês, um dia de beleza ou qualquer outro produto, se bem colocado, pode ser vendido.

Prepare-se. Boa sorte e boas vendas.

Fonte: Para escrever este texto usei dados do Google. As artes são todas deles. Obrigado, Google

Comentários Facebook