PROCURANDO ALGO?

O que Kéfera Buchmann tem a nos ensinar sobre comunicação?

fanfiction-kefera-buchmann-5inco-minutos--a-historia-de-uma-estrela-3167785,190220150317EDIT (2019): O Texto abaixo reflete a personagem e sua vida em 2016. Hoje, ela mudou. Se para pior, ou melhor, só a própria Kéfera compete dizer.

Em 2016 ela era o texto abaixo.
_____________

Quem é Kéfera Buchmann? Se você começou a ler este texto com essa pergunta é hora de rever seus conceitos e fazer reciclagem, aliás, muita reciclagem. Kéfera é a voz e o rosto de uma nova geração, geração que consome, geração que dita tendências e com a qual a sua marca precisa se comunicar de maneira urgente. Comunicação!

Outro erro clássico ao se falar da moça: não gostar do que Kéfera fala e por isso não dar importância a ela. Clássico, como falei. A moça que eu nunca vi na minha vida, apesar de sermos da mesma cidade, representa uma fatia considerável do público alvo que marcas procuram, ela inspira regras e comportamentos, mesmo que afirme não ser esse o objetivo, mostra tendências e acima de tudo: aproveita oportunidades, e é isso, exatamente isso, que Kéfera tem a nos ensinar sobre comunicação: aproveitar oportunidades.

A história de Kéfera, em linhas gerais: uma moça que sonha ser atriz e estuda no ensino médio, resolve fazer um vídeo para o Youtube, fica insegura com a repercussão dele, recebe apoio das amigas, continua, torna-se um sucesso nacional, Curitiba fica pequena, talvez os sonhos tenham mudado, talvez não, mas o fato é: ela soube aproveitar as oportunidades que ela e a vida criaram.

Para escrever esse pequeno texto tive a pachorra (palavra de velho, procurem) de assistir todos os vídeos de seu canal no Youtube, além de pesquisar alguma coisa na imprensa. Kéfera sonhava ser atriz e em seus primeiros vídeos ela fazia exatamente isso, dava vazão a este sonho, fazia esquetes, anunciava suas peças no teatro, ou seja, aproveitava o sucesso que fazia no Youtube para também fazer sucesso nos palcos.

Em algum momento descobriu-se no topo do mundo e conseguiu ajuda profissional, a adolescente que sonhava ser atriz tornou-se uma estrela conhecida nacionalmente. Seus vídeos antes editados no Movie Maker e gravados em uma câmera amadora em cima de apostilas ganharam o HD e vinhetas profissionais.

Aqui uma pausa na linha do tempo: leram bem o que escrevi acima, viram como ela usou o que tinha e fez o melhor que podia com isso? Não ficou reclamando que não tinha equipamentos ou sonhando com o dia em que poderia ter melhor sorte, não. Foi lá e fez. Recebeu críticas, sim! A qualidade dos vídeos deixava a deseja, sim. Mas ela foi lá e com o seu talento e carisma, mostrou o que sabia fazer e fez.

Voltando ao texto… o papel de atriz foi dando espaço para a Kéfera profissional do online, sim, porque as oportunidades apareciam e ela as agarrava. Com o sucesso que fazia nos vídeos não demorou a ganhar sua própria loja online em que vende produtos com a sua marca, seu rosto e coisas associadas a ela como o bordão “oi, oi, gente” ou até mesmo a cachorrinha Vilma Tereza.  Nas outras redes sociais como Facebook e Instagram mostrava sua vida e faturava sempre que tinha oportunidade com marcas que queriam associar-se a imagem da moça carismática. Logo surgiu o Snapchat e com ele um Big Brother diferente, um sem edição e de graça, a moça tornou-se não o emissor da mensagem, mas a “irmã” de seu público, diariamente ela oferece conteúdo gratuito, muito próximo do espontâneo e intimo. As pessoas conhecem toda a casa de Kéfera, ela os leva junto, mostra o banheiro, mostra a maquiagem e a cozinha, mostra uma linha de produtos que está à venda em sua loja ou a linha de comida saudável que leva sua assinatura.

Comida saudável. Em algum momento Kéfera achou que precisava mudar de vida, já estava em São Paulo e como disse, não a conheço pessoalmente para saber se ela chegou a essa conclusão sozinha ou se o casting que a acompanha aconselhou, mas o fato é que ela decidiu que precisava levar uma vida mais saudável. Não misturou estações, criou novas formas de falar com esse público, novos canais, novos meios e abastece todos eles com conteúdo inédito e exclusivo, aumentando seu público, seu tipo de público, criando um novo público e claro, monetizando.

Hoje o canal principal da moça no Youtube supera 7 milhões de assinantes, um fenômeno absoluto, ela tornou-se uma espécie de Midas da comunicação online, ao contrário do que faz parecer, Kéfera não sofre de um mal que atinge muitos jovens e empresas, a preguiça. Kéfera torna cada oportunidade em realidade. Não gosta de internet? Tem livro! Não gosta de ler? Tem peça! Não gosta de peça? Agora tem cinema!

Quer mais? Vamos as polêmicas? Podemos até ir, mas Kéfera não nos acompanhará. Ela não expõe a marca dela onde não é necessária. Qual é a opinião de Kéfera sobre a os mais polêmicos assuntos do momento? Só ela sabe, e é assim que deve ser. Por que expor sua marca, seu cliente, você mesmo desnecessariamente? Não faz sentido.

Dando linhas finais ao texto, o resumo é que você pode não gostar, nem de Kéfera, nem do trabalho da Kéfera e nem mesmo concordar com nada do que ela diz, mas não feche os olhos, ela é um exemplo a ser seguido em qualquer área da comunicação. Ela trabalha em diversos mundos e em todos atua com vigor, mostra sua vida quando tem que mostrar, fala sério quando tem que falar e sabe como poucos promover ou até mesmo acabar com uma marca. Mas fazer um trabalho como faz, Kéfera Buchmann e sua equipe, dá trabalho, muito trabalho, precisa gostar, querer e principalmente, fazer. Arrumar as desculpas certas para o momento certo sempre nos parece uma boa ideia, mas lembre-se da máxima, desculpa boa todo mundo tem, sucesso como a da moça rejeitada pelos intelectuais de plantão só com trabalho, inteligência e dedicação.

Comentários Facebook

 

VOLTAR

Por Ediney Giordani
em dentro de:
Comunicação