PROCURANDO ALGO?

Por que uma empresa que já é bem conhecida no mercado – e que não têm um site – precisaria ter uma página?

Data: 16 de julho de 2014
Autor: KAKOI

bobyO peso e a história de uma empresa já consolidada no mercado é importante para a manutenção do sucesso, mas hoje já não é o suficiente. Não se engane, pois é fácil uma gigante da indústria ou do serviço se acomodar e deixar que outras empresas teoricamente menores ganhem cancha e alcancem – ou até mesmo ultrapassem – as marcas consagradas.

O relacionamento instantâneo aliado ao conteúdo relevante em um site bem arquitetado e com boa posição nos buscadores (alguém disse Google?) fazem a diferença. E um site bem planejado representa a manutenção de marcas seculares e a sua “não estagnação” no mercado.

O publicitário Boby Vendramin, gerente do setor de tecnologia e programação da kakoi Comunicação, explica porque uma empesa que já é bem conhecida no mercado – e que não têm um site, ou tem um site muito ruim – precisa ter uma página o quanto antes. “Hoje em dia o costume de buscar estabelecimentos através de índices offline (como listas telefônicas) está praticamente extinto, é indispensável ter uma presença digital. Mesmo que uma empresa tenha tradição e seja conhecida no mercado, não é prudente ignorar os hábitos das novas gerações” aponta Vendramin.

O especialista não acredita que apenas o nome da empresa seja forte o suficiente para a marca seguir intacta, pois existe muita concorrência virtual – e que cresce todos os dias. “Com a concorrência virtual, a indexação nos motores de busca como Google, Bing e Yahoo, quem leva vantagem é quem está mais bem posicionado neles”.

Boby Vendramin explica que para melhorar o posicionamento da empresa nesses sites é fundamental o uso de técnicas de SEO (Search Engine Optimization, ou Otimização de Motores de Busca) para trabalhar o ranking em diferentes palavras-chave.

Marca sempre viva
Boby Vendramin aponta que um site funcional e com bom mecanismo de SEO é quase uma obrigação para qualquer grande empresa. O gerente do setor de tecnologia e programação da kakoi afirma que todas as principais marcas já sabem de todos estes detalhes que mantêm viva as marcas.

Se as empresas consagradas (como Coca-cola e McDonalds) precisam estar dentro da realidade e antenados com tudo para não perder espaço, imagine as demais, igualmente consagradas, e que não estão inseridas no mundo virtual de maneira correta?

“Esses gigantes entendem a necessidade de uma presença digital consolidada e não poupam esforços nem investimentos em seus canais web. A maioria das grandes empresas faz um trabalho bem feito, criando tendências e interagindo com o seu público”.

Comunicando certo?
Anúncios tradicionais, releases e artigos técnicos (quase) foram por anos as únicas formas de divulgação. Mas ir direto para o virtual não significa simplesmente abandonar o que estava sendo feito até então. A dúvida que fica é: até que ponto seguir apenas nestes formatos consagrados, sem entrar de cabeça na WEB, pode ser prejudicial para marcas já consagradas?

Boby entende que comunicação eficaz é comunicação integrada. E ainda aponta que ignorar os meios digitais pode deixar pontas soltas no planejamento de comunicação, e por consequência, não explorar o máximo do potencial da campanha.

Só a página?
Um alerta de Boby é que ter apenas ter um “www” bem feito não vai fazer milagre para uma empresa, por mais que se invista em SEO, ela precisa ser funcional, atualizada e ter conteúdo.

“Conteúdo é rei. Se você tem um bom conteúdo na sua página, você será referencia. Sendo referencia, seu ranking nos motores de busca aumentará. Aumentando, você terá mais acesso. Tendo mais acessos, fará mais vendas. Fazendo mais vendas, poderá investir mais em conteúdo. E assim o ciclo continua”.

Exemplos de paginas
Pedimos que Boby Vendramin apontasse pelo menos três sites que ele considera um exemplo a ser seguido pelas empresas. Para evitar posições tendenciosas, optamos por páginas que não foram criadas pela kakoi. O resultado é este aqui:

1. Woods Curitiba: http://www.woodsbar.com.br/curitiba/home
“O site da balada sertaneja Woods Curitiba é um excelente exemplo. Primeiro, ele prioriza as informações mais importantes na sua home. Se eu visito um site de uma balada, qual são as principais informações que eu poderia ter? Programação, fotos e localização. Todos esses itens estão bem cobertos e o site não é poluído. Outro fator importante é a velocidade de carregamento. Provavelmente está hospedado em um bom servidor e por isso suas páginas carregam muito rápido. Esse aspecto além de ser muito importante para o usuário, os algoritmos do Google também priorizam resultados com sites mais rápidos”.

2. Forneria Copacabana: http://www.forneriacopacabana.com.br/
“O site do restaurante Forneria Copacabana também é ótimo pois conquista pelo visual sem deixar o site pesado. Ele utiliza um recurso que é tendência no webdesign moderno chamado parallax. Basicamente ele carrega o site inteiro em uma só tela, não sendo necessário recarregar ao clicar em links. Isso torna o site elegante e também compatível com dispositivos móveis”.

3. Aldeia Coworking: http://aldeiaco.com.br/
“O site da Aldeia Coworking é limpo, objetivo, bem humorado e ao mesmo tempo atraente. É um site responsivo, ou seja, tem uma boa compatibilidade com dispositivos móveis. Sua navegação é reforçada com iconografias, facilitando a experiência do usuário. Todas as informações podem ser facilmente achadas pois sua arquitetura de informação foi bem projetada e bem executada”.

 

2 Comentários

  1. SANDRA CONTIN disse:

    Boby sou sua fã!
    Bela matéria esta sua, parabéns!
    Preciso atualizar tudo aqui da loja, como já havíamos conversado.
    Vou te ligar.
    Bjs e sucesso sempre!
    Sandra

Deixe o seu comentário!

 

VOLTAR