PROCURANDO ALGO?

Como aumentar lifetime value? Lifetime value, o que é isso?

Data: 17 de junho de 2019
Autor: KAKOI

Quando se administra um negócio ou se cuida de um setor específico como o de Marketing e de Vendas, é preciso escolher e acompanhar métricas para entender se as ações colocadas em prática estão trazendo o retorno desejado. E uma delas é conhecida como Lifetime Value.

Mas por que abordaremos neste artigo especificamente tal métrica? A resposta completa você verá ao longo do texto, porém, uma primeira reflexão é: uma empresa deve focar somente na aquisição de novos clientes ou deve manter os antigos como estratégia para diminuir custos e aumentar as vendas?

Bem, as duas ações são importantes. Porém, preservar os consumidores que já compraram em um estabelecimento é fundamental, pois, é mais barato mantê-los do que despender esforços na busca de outros.

E é dentro desse contexto que é importante que você conheça o que é Lifetime Value. Vamos nessa?

Afinal, o que é Lifetime Value?
Lifetime Value (LVT), traduzido como Valor Vitalício ou “Valor do Tempo de Vida do Cliente“, é uma métrica de venda usada para calcular o lucro líquido que um cliente oferece a uma empresa durante todo o tempo em que ele realiza compras.

Para que você entenda melhor, pense o seguinte: João é um cliente que visitou a loja três vezes.

1ª compra = R$ 80,00;
2ª compra = R$ 250,00;
3ª compra = R$ 100,00.

Depois das visitas, nunca mais voltou. Ao somar os valores das compras, temos um total de R$ 430,00, que é o que chamamos de Lifetime Value, ou seja, o total gasto durante todo o tempo em que ele esteve em contato com a empresa.

Por que é importante?

Entender os valores gastos por todos os clientes que tiveram o mesmo comportamento do João ajuda as empresas a perceber as médias das compras e o tempo de permanência dos clientes. Com os dados em mãos, é possível criar estratégias de gestão e de marketing para fidelizar os compradores e fazer com que eles continuem a frequentar a empresa — seja por meio de compras em e-commerces ou em lojas físicas.

5 estratégias para aumentar o Lifetime Value

Agora que você já sabe o que o que é LVT e como a métrica é importante para os negócios, é preciso conhecer técnicas e boas práticas para começar a desenvolver ações e colocá-las em prática. Assim, os gastos e esforços com o Marketing serão menores se comparados aos investimentos feitos. Confira!

1. Invista em SMS Marketing ou Whatsapp
Ao realizar o cadastro de um cliente, peça permissão para enviar mensagens. Mostre os benefícios e reforce que o contato não será invasivo, mas informativo, para que o consumidor fique por dentro das melhores ofertas e informações sobre a loja.

Para isso, use uma ferramenta de envio de SMS Marketing ou de Whatsapp. De acordo com o perfil de compras do cliente, mande mensagens objetivas, curtas e persuasivas. Ao final, não se esqueça de colocar um CTA (“chamada para a ação”) para que o receptor haja como o pretendido.

2. Faça anúncios de remarketing
Sabe quando você pesquisa, por exemplo, um tênis e, de repente, anúncios começam a aparecer em sites distintos sobre aquele mesmo produto? Pois bem, essa é uma técnica conhecida pelos profissionais de marketing como Remarketing.

A estratégia permite lembrar ao cliente que ele deseja ou precisa daquele produto e, com isso, aumentam as chances de voltar e realizar a compra no momento em que ele estiver preparado. Além disso, essa é uma forma de mensagem personalizada, o que ajudará a empresa a realizar upsell, aumentando o faturamento.

3. Crie uma área para o Sucesso do Cliente
Ter uma área específica na empresa para acompanhar o cliente em suas jornadas de compra não é mais uma opção para as organizações que querem se destacar no mercado: é uma necessidade. O objetivo do setor é acompanhar o cliente em todos os detalhes do contato dele com a empresa, permitindo, assim, que tudo o que foi prometido na venda seja cumprido fielmente.

Além de ser uma forma de manter contato, a estratégia também permite a fidelização do cliente e o entendimento sobre possíveis novas necessidades, o que abre oportunidades para vendas.

4. Use o e-mail marketing
Para fazer com que uma marca seja sempre lembrada pelo cliente, de forma a fazê-lo ficar por dentro de novidades, promoções, ofertas especiais e conteúdos informativos, desenvolva uma estratégia de e-mail marketing.

No ato da compra ou por meio de estratégias de automação de marketing, é possível adquirir dados dos consumidores, segmentar a base de informações e enviar mensagens personalizadas. Assim, você instigará o leitor do e-mail a conhecer melhor seus produtos e serviços e, com isso, as chances de realizar uma compra se tornarão maiores.

5. Promova uma ação de reengajamento
Quantos clientes a sua empresa tem que não compram há muito tempo? Se você observar uma base de dados da loja, poderá ficar surpreso com o número de consumidores que poderiam ser frequentes nas compras, mas que não voltaram mais. Para reverter esse quadro, é preciso criar uma estratégia de engajamento para que voltem a ter contato com a empresa e, assim, possam ver valor na marca.

Oferecer descontos, enviar mensagens personalizadas em datas comemorativas e instigar o interesse para produtos complementares a compras realizadas anteriormente, podem ser ações úteis para que o cliente volte a ser ativo em sua loja.

Agora que você já sabe o que é Lifetime Value e algumas das principais estratégias para aumentá-lo, fique atento ao cálculo para ter precisão nos valores. Compreender essa métrica, desenvolver ações estratégicas e contar com ferramentas tecnológicas te ajudará a vender mais.

Fonte Primária: E-goi – blog

Comentários Facebook