A interação nas Redes Sociais em tempo de pandemia

Ouça esse conteúdo


Eu não gosto, você provavelmente também não, mas a realidade se apresenta: estamos no meio de uma pandemia do novo coronavírus, a Covid-19 e ela muda tudo, como fazemos, o que fazemos e a frequência com que fazemos. Estou falando de comunicação, gente, calma.

As redes sociais estão bombando, com as pessoas em casa, no chamado home office, ou infelizmente, demitidas, e sem poder sair de casa, cada postagem tomou uma proporção que antes não tinha. Dados ainda não finalizados, indicam um aumento médio de 40% nas visualizações das postagens e com esse aumento, a interação nas redes sociais ganha ainda mais importância.

Já falamos aqui, sobre ela, agora é preciso ter toda a atenção. As pessoas querem respostas rápidas para se programarem ou ainda decidirem se vão ou não comprar aquele produto ou serviço. Lembre-se: você está na arena e lutando com outros concorrentes por um dinheiro que diminuiu, é preciso ser assertivo.

Imagina a seguinte situação. Você tem um supermercado, Os idosos estão em quarentena, só devem sair de casa em último caso, aí um deles vai até a sua rede social e pergunta algo, ele precisa de uma resposta rápida ou vai para o seu concorrente.

Imagina alguém querendo sair de casa (#Fiqueemcasa) para resolver algum problema e não sabe se a loja X está aberta, o horário do Google Meu Negócio está desatualizado, o telefone não atende e as redes sociais não respondem. Esse cliente você já perdeu.

Então, se eu posso te dar um conselho, além de usar filtro solar, é: incremente e preste atenção na sua interação. Se você não tiver uma agência de comunicação cuidando disso para você, então ligue alertas, observe com constância as interações. Não perca negócios, nessa época, toda venda é muito importante.

Compartilhe este post:

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest