menu

Golpe do Boleto do Registro: não caia nessa em 2021

Ouça esse conteúdo

A cada avanço tecnológico as empresas tentam melhorar suas condições de segurança, blindar seu banco de dados e deixar seus clientes mais seguros.
Mas e quando o golpe é simples demais para ser evitado? É preciso estar atento.

Aqui no blog da KAKOI sempre trazemos informações e dicas de comunicação, e essa não deixa de ser uma delas, vai, no mínimo, fazer você economizar dinheiro.

O golpe do boleto do registro, existe no Brasil praticamente desde que existe a internet acessível, o www, vamos entender tudo.

Primeiro, é preciso entender o que é o Registro.br.
É a entidade do Brasil que regula o uso de endereços de internet. O Registro.br é o departamento do NIC.br responsável pelas atividades de registro e manutenção dos nomes de domínios que usam o .br. Também executamos o serviço de distribuição de endereços IPv4 e IPv6 e de números de Sistemas Autônomos (ASN) no país.

Então, em resumo:

Você quer ter um endereço personalizado .br, precisa ir até o o site da entidade e registrar, os preços variam de acordo com o número de anos que você compra, mas o mínimo de um ano custa R$40, por ano.

E o golpe?

Funciona assim, você recebe em sua empresa um envelope com variantes de nomes, tipos BR Registro, Registro. Rr, enfim… tudo levando a crer que se trata de algo oficial, mas não é, dentro, um boleto de valor extremamente superior aos R$ 40, tipo, 280, 320 ou até mais. Os desavisados vão lá e pagam com medo de perder o endereço, e assim, o golpe se consome.

Os emails e os endereços dos donos de domínio são públicos e podem ser acessados através deste endereço, deixando tudo muito mais fácil para pessoas com má intenção.

Então, fica a dica:

SÓ pague boletos do Registro.br que você mesmo tenha impresso diretamente da plataforma, é mais fácil e mais seguro.

Compartilhe este post:

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest