Transmissões ao vivo: O planeta está assistindo e produzindo muito mais vídeos


Transmissões ao vivo, as chamadas lives, e videochamadas a partir de aplicativos já apresentam um aumento absurdo de consumo no Brasil de acordo com a pesquisa da Panorama Mobile Time/Opinion Box – Uso de Apps no Brasil.. Realmente, a pandemia levou as pessoas para dentro das casas e os vídeos se tornaram um hit – isso sem falarmos do TikTok.

Olha só: a pesquisa registrou que 88% dos entrevistados fizeram uma videochamada entre 6 e 13 de maio com seu smartphone, prática mais do que comum para 90% dos brasileiros entre 16 a 49 anos, segundo o estudo. Aí entra também o pessoal fazendo reuniões de trabalho pelo home office forçado, sejamos justo.

Tanto pessoas das classes A e B (65%) quanto C, D e E (48%) disseram ter aumentado a frequência das videochamadas pelo celular. O aplicativo mais popular foi, claro, o WhatsApp, com 95% da preferência, seguido do Messenger (30%),  Skype (26%) e Zoom (22%).

Na pandemia, todos estão buscando o que assistir
O nosso isolamento social foi responsável pelas transmissões ao vivo, ou lives, de diversos artistas e empresas. E tudo na palma da mão, pois pelos smartphones essas transmissões foram vistas por 75% dos internautas brasileiros. Já pensou em quanta gente o seu negócio pode impactar com tanta gente consumindo streaming? 

Este hábito é mais comum entre pessoas de 16 a 29 anos (83%) e a região nordeste é campeã em transmissões ao vivo no período pesquisado, atingindo 84%.  A assinatura de serviços de streaming cresceu 13% se comparado ao ano passado e, com destaque para YouTube com 84% seguido pelo Instagram (54%) e Facebook (41%).

A sua comunicação não pode ficar de fora dessa fatia que cresce a cada dia que passa! Fale com a KAKOI Comunicação, pode ser pelo Facebook ou pelo Instagram, e vamos desenvolver juntos uma estratégia para suas transmissões serem um sucesso?  

Compartilhe este post:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
KAKOI Comunicação