Prepare suas redes sociais para a Black Friday 2020

A Black Friday está aí e, é momento de se preparar! A “Sexta feira Negra”, é vista como a principal época de vendas ao lado do Natal no Brasil!

Muitas pessoas foram pressionadas a entrar no meio digital pela COVID-19 e o consequente isolamento social. O consumidor já está adaptado ao novo hábito de comprar online, portanto o número de pessoas que vão comprar virtualmente deve ser avassalador, ultrapassando com sobra as vendas nas lojas físicas.

Já que a pandemia transformou a compra online em na única alternativa sanitariamente segura como meio de compra, muita gente estará fazendo a sua primeira compra online nesta Black Friday – afinal de contas, infelizmente os números do novo coronavírus seguem em alta em muitas cidades do Brasil e parte dos consumidores estão evitando sair de casa.

A principal ferramenta de vendas será o Facebook, e para não perder tempo a rede apresentou suas recomendações e principais soluções para estratégias de mídia para a Black Friday, vamos ver quais são?

O vídeo, como já sabemos, é uma forma valiosa nas campanhas e o Facebook garante que os vídeos feitos com imagens estáticas e leves convertem até 17 vezes mais do que outras estratégias. Existem duas modalidades principais de vídeos para auxiliar a produção de conteúdo: on the go e imersiva.

On the go:

Sabe aquele usuário que só está conferindo as redes sociais em seu tempo livre? É com ele que você está falando. Combina com o formato de stories, disponível no Instagram, Facebook e WhatsApp.

Imersiva:

Aqui os vídeos contemplam o usuário que está logado e pretende passar um bom tempo na rede social. Quando o usuário faz essa navegação, ele busca pelo conteúdo publicitário.

Uma coisa é certa: mesmo que o usuário não compre através de propagandas, estar nas redes sociais e ser visto é uma forma de ser conhecido pelo potencial consumidor.

Além dos vídeos, se preparar para responder chats e inbox é muito importante neste período, pois, assim o cliente vai lembrar de você pela atenção que lhe foi dada.

Seja Visto!

É muito relevante criar eventos no Facebook no estilo “save the date” com ofertas imperdíveis. Troque a imagem do topo e o avatar da sua página e das redes sociais, isso vai despertar o interesse do público e dar destaque para o seu negócio perante os demais.

Use Todas as Ferramentas!

Agendar campanhas de Email Marketing para o dia da Black Friday com cores fortes são uma estratégia, assim como os horários em que serão feitos os envios.

O pop-up de saída no seu site são perfeitos para fazer uma oferta irrecusável, que não deixam que o usuário saia de mãos vazias, ou seja, quando ele for sair do site, aparece o aviso e a mágica acontece!

Não podemos esquecer, é claro, da Landing Page de Black Friday! Essa é uma forma legal de criar pra ontem uma coisa bacana e que vai chamar a atenção para as ofertas!

A KAKOI pode realizar todos esses serviços e estratégias para você! Entre em contato com a gente e solicite um orçamento para a sua empresa ser destaque e vender mais!

 

 

Como comprar na Black Friday

Agora que você já sabe como fazer para entrar de vez na Black Friday, que tal conhecer algumas formas certeiras para não perder as ofertas na edição de 2020?

1. Zoom

Zoom é um comparador de preços que permite  buscar pelos produtos com maiores descontos e menores preços, conferir o valor histórico médio de cada produto nos últimos seis meses. Dá para criar alertas de preços para qualquer produto de sua preferência e os melhores descontos levam a etiqueta de “pechincha” pelo comparador , ficando expostos na home do site. Além do site oficial, a ferramenta também está disponível como aplicativo e possui versões para Android e iOS.

2. Buscapé

O Buscapé é um site pioneiro de comércio eletrônico com uma lista de ofertas em diversas categorias, com destaque nos itens mais buscados pelos consumidores. Dá para usar como  um intermediador de compras, já que o usuário pode adquirir produtos de diversas varejistas.

3. Google Shopping

O Google Shopping consegue englobar produtos e descontos no buscador mais famoso do mundo. A ferramenta de compras do Google conta com um índice de preços mais completo e o usuário precisa digitar o produto desejado no campo de buscas e selecionar a opção “Shopping” na barra que aparece logo abaixo. Dá para filtrar por preço, marca e vendedor – além de permitir comparar valores em tempo real entre diferentes sites.

4. Blackfriday.com.br

5. JáCotei

O JáCotei permite comparar ofertas de diferentes lojas e acompanhar a variação dos preços até a data da compra – ajudando o comprador na identificação de lojas que oferecem falsos descontos. A ferramenta também está disponível como aplicativo.

6. Bondfaro

Outro pioneiro, o Bondfaro mantém a sua relevância na comparação de produtos e preços desde 1999.

A Origem da data

A origem do dia tem diversas versões. Há quem diga que a expressão nasceu no final do século XIX , quando duas instituições financeiras quebraram no mesmo durante acorrida do ouro em plena sexta-feira.

Outros acreditam que a expressão nasceu  quando policiais da Filadélfia, na década de 60, se referiram ao dia após o feriado do Dia de Ação de Graças quando o trânsito se tornou um caos – e, por este motivo, os lojistas se aproveitavam da ocasião para fazer diversas promoções para atrair quem passasse por perto.

A origem não importa muito, mas no Brasil a primeira Black Friday chegou em 2011 com o portal Busca Descontos, e desde então não parou decrescer.

Compartilhe este post:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest